"Deus tem agora um sério concorrente" (Epitáfio para um sociólogo, José Paulo Paes)

PÁGINAS

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Jovens e consumo


A interessante reportagem da Folha de São Paulo (21/09/09, Folhateen, p. 8 e9) mostra a importância do consumo na vida de jovens com renda familiar de até dois salários mínimos.

A importância está na questão de que esses jovens compensam a falta de perspectiva no trabalho e nos estudos comprando produtos que, de maneira ilusória, o farão sentir-se incluídos.

Os números confirma esses dados, segundo pesquisa de 2008 da Datafolha, 22% dos jovens com renda familiar de até dois salários mínimos dizem achar muito importante estar na moda. A socióloga Paula Nasimento, da USP, realizou um trabalho de pesquisa acompanhando o consumo de 200 jovens de uma entidade da zona oeste de SP, segundo ela "ter é preocupação central para esses jovens".

A mesma reportagem mostra exemplos de jovens que ganham cerca de R$ 700,00 por mês e gastam todo o salário para adquirir celulares, tênis, camisetas, etc.

Oara a antropóloga da Faculdade Santa Marcelina, Cecília Fornazieri, essa é uma aspiração de pobres, ricos, jovens e velhos, porém, os mais pobres "têm mais vontade de fingir ser o que não são", segundo a professora Cecília "moda e aspiração, é querer se fantasiar pontualmente de quem se admira"

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...