"Deus tem agora um sério concorrente" (Epitáfio para um sociólogo, José Paulo Paes)

PÁGINAS

domingo, 18 de julho de 2010

Desesperança!


Tudo na mesma!!!

No dia 16 de Julho o garoto Wesley Guilber Rodrigues assistia a aula de matemática (que ironia, logo de matemática, matéria com péssimo desempenho entre alunos brasileiros), e é atingido por uma bala perdida, consta que ainda segurava um lápis em suas mãos.

Essa fatalidade aconteceu no Ciep Rubens Gomes, na zona norte do Rio de Janeiro.
Só posso acreditar que o fato foi planejado pelas autoridades policiais e pelo governo, afinal, segundo depoimentos, o garoto "era muito inteligente, educado e brincalhão", isso sem dúvida contraria os status quo.

Não estaria o menino Wesley oferecendo risco a ordem social, na escola, com lápis na mão, numa aula de matemática.

Sem dúvida a morte desse garoto será esquecida, mas durante as reportagens uma coisa que me marcou muito foi o depoimento do pai ao repórteres, segundo o pai não adianta saber quem foi, se bandido ou policia, tão pouco importa agora que seu filho se foi. Essa desesperança talvez seja a mesma que todos os mais vulneráveis sentem, diante das tragédias, os alvos são sempre os mesmos.

Vendo no jornal a foto do enterro do garoto é como se ele levasse mais uma oportunidade de um país um pouco mais justo com aqueles que realmente precisam.

Descanse em paz Wesley"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...