"Deus tem agora um sério concorrente" (Epitáfio para um sociólogo, José Paulo Paes)

PÁGINAS

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

CONSTRUÇÃO - CHICO BUARQUE


                  
                  O álbum Construção, gravado em 1971 é um dos discos mais importantes da carreira de Chico Buarque e essencial para a música brasileira.
                Tem como pano de fundo o período mais crítico da ditadura militar, parte das composições do disco foram criadas durante o exílio na Itália (que durou 15 meses).
                Chico Buarque mistura a denúncia sem perder o lirismo.  Ao longo das 10 faixas combinam-se músicas como “Deus lhe pague” (que abre o disco) e “Construção”, com a poesia de “Valsinha” e “Desalento” (em parceria com Vinicius de Moraes).
                O músico Toquinho conta que depois de ficar quase um ano com Chico na Itália, durante o exílio, antes de embarcar no avião para voltar ao Brasil Chico Buarque lhe entrega, em um papel amassado, alguns versos do que mais tarde seria a música “Samba de Orly” que diz assim: “Vê como é que anda/ Aquela vida à toa/ Se puder me manda/ uma notícia boa”, parte da música foi censurada pelo regime militar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...