"Deus tem agora um sério concorrente" (Epitáfio para um sociólogo, José Paulo Paes)

PÁGINAS

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

PÉS DE LOTUS - A BELEZA COMO ELEMENTO CULTURAL

Entender a subjetividade de alguns elementos, dentro do campo cultural, é de suma importância. O relativismo faz-se presente em vários campos, como por exemplo na culinária, onde o paladar é algo adquirido culturalmente, por isso, a dificuldade de entender por que alguns alimentos são aceitos em alguns lugares, enquanto em outros são vistos como repulsivos. 

Quando o assunto é beleza, a história não é diferente, sobretudo no quesito beleza feminina. A complexidade de se entender o que é belo em um país ou cultura pode, muitas vezes, estar associado a elementos para além do simples gosto espontâneo. Envolve um contexto sócio cultural amplo, como é o caso da tradição dos "pés de lótus" na China.

Segundo algumas pesquisas históricas, foi no ano de 920 que a admiração chinesa por pés pequenos ou atrofiados nasceu. O imperador Li Yu se deixou seduzir por uma concubina, que dançava com os pés enfaixadospara que se parecessem com uma lua crescente.

O costume atravessou dinastias chinesas, e se sofisticou em 76 formas diferentes de se enfaixar os pés.





Depois da queda da dinastia Qing, no ano de 1911, criou-se a figura do 'inspetor de pés'. Cabia a ele verificar se estava sendo respeitada a proibição dessa prática.

O poder republicano, no entanto, não conseguia impor sua vontade nas regiões mais remotas da China.





Enfaixar os pés sobreviveu alguns anos, até diminuir no início dos anos 30. Em 1931, a invasão japonesa desferiu um forte golpe contra o costume imperial. As mulheres com os pés atrofiados não conseguiam se movimentar com velocidade necessária para fugir do invasor e muitas acabavam sendo violentadas.

Os camponeses então começaram a abrir mão dos costumes. Foi apenas o regime comunista que conseguiu livrar definitivamente a China da prática de enfaixar os pé.

Algumas mulheres na casa dos 80 anos ainda mantêm faixas, poque com elas sentem menos dores, os panos protegem os pés




* Reportagem publicada no jornal Folha de São Paulo, retirada do livro "Sociologia: introdução à ciência da sociedade", de Cristina Costa, publicado pela editora Moderna.



OUTROS EXEMPLOS DE BELEZA FEMININA EM CULTURAS DIFERENTES 

Mulher Fulani com escarificações no rosto
Fonte: https://br.pinterest.com/pin/563512972094706574/

Mulher da tribo Mursi, na Etiópia
Fonte: https://br.pinterest.com/pin/409686897338244841/

Moda na tribo Kham, região do Tibet

Norte da Tailândia
Fonte: https://br.pinterest.com/pin/507288345505835299/

Afeganistão
Fonte: https://br.pinterest.com/pin/376402481336214507/






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...